A Gastronomia da Argentina

Os símbolos da cozinha Argentina são o assado, as empanadas, o mate e o doce de leite, mas a gastronomia do país é muito mais vasta e completa. Assim como a população que possui diversas origens, o mesmo acontece com os alimentos.

Da região noroeste vem os pratos a base de milho típicos desta região, além do mate, bebida típica herdada da cultura guarani. O mate é um ritual social, que se bebe entre amigos, geralmente em roda.

As tradicionais empanadas se popularizaram na época colonial. Muito semelhantes aos pastéis brasileiros, porém com certas diferenças e recheios, geralmente preparados com carne moída. Cada província argentina tem sua própria maneira de preparar o salgado.

Do gaucho, permaneceu o costume de preparar o assado (churrasco argentino). O preparo do assado é quase uma arte e a cultura gaucha é muito semelhante ao gaucho uruguaio ou mesmo da tradição gaúcha do Rio Grande do Sul. O assado é delicioso, talvez pelo seu preparo ou pela alta qualidade das carnes da região.

Na Argentina se diz que o único invento genuíno do país é o doce de leite, muito discutido e contrariado pelos vizinhos uruguaios. O que importa é que é uma das delícias que mais marcam a culinária de lá e também uma das grandes paixões nacionais. O doce de leite é degustado sozinho ou como recheio de diversas receitas típicas, entre elas: tortas, biscoitos e cobertura de sorvetes.

Os peixes também possuem presença forte nos pratos servidos na Argentina, principalmente no litoral.

Na Patagônia se servem pratos sofisticados, entre eles podemos destacar a carne de cervo defumada. Ali também há oferta de variedades de chocolates e doces.

O vinho está presente não só como acompanhamento das refeições, mas é quase presença obrigatória em muitos momentos. O país é produtor de quase todas as variedades de uvas. A bebida Argentina é considerada como uma das melhores do mundo.

Turismo na Argentina

Seja o primeiro a comentar em "A Gastronomia da Argentina"

Comente isso

Seu e-mail não será publicado.


*